Michelle Obama chega a Pretória e dá início à viagem na África do Sul

Acompanhada das filhas e mãe, primeira-dama dos EUA se reunirá com líderes antiapartheid em visita de 6 dias que inclui Botsuana

iG São Paulo |

AP
Primeira-dama dos EUA, Michelle Obama, segura buquê de flores, enquanto suas filhas Malia (à dir.) e Sasha se enrolam em cobertores ao chegar a Pretória, África do Sul
A primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, chegou nesta segunda-feira a Pretória acompanhada de sua mãe, Marian Robinson, e de suas duas filhas, Malia e Sasha, para iniciar uma viagem de seis dias pela África do Sul e Botsuana, onde se reunirá com líderes antiapartheid e debaterá a democracia na região.

Capital administrativa da África do Sul, Pretória será a primeira escala da primeira-dama americana, que passará depois por Johanesburgo e Cidade do Cabo. A agenda de Michelle Obama inclui uma reunião em Pretória com Nompumelelo Ntuli-Zuma, uma das esposas do presidente da África do Sul, Jacob Zuma, e uma visita em Johanesburgo à Fundação Nelson Mandela, acompanhada pela mulher de Mandela, Graça Machel.

Não há nenhuma visita prevista, até agora, a Nelson Mandela, de 92 anos, que apresenta um quadro delicado de saúde. Mas a Casa Branca não fechou as portas à possibilidade. "Michelle prestará homenagem à herança do presidente Mandela durante toda a visita. Ficaria, evidentemente, muito feliz de trocar algumas palavras com ele, (mas) isso dependerá da capacidade dele de receber visitas", explicou o assessor-adjunto para a segurança nacional do presidente Obama, Ben Rhodes.

Michelle pretende visitar também o Museu do Apartheid e a praça de Hector Pieterson, no bairro de Soweto, local onde começaram em 1976 os protestos contra o regime de segregação racial que perdurou na África do Sul até 1994, quando Mandela, Prêmio Nobel da Paz, foi eleito primeiro presidente negro do país.

Na Cidade do Cabo, Michelle, sua mãe e suas filhas devem se reunir com o arcebispo emérito Desmond Tutu, também Prêmio Nobel da Paz. A primeira-dama americana pronunciará um discurso no Fórum de Liderança de Mulheres, realizado neste ano na África do Sul.

A visita de seis dias terminará em Botsuana, país vizinho da África do Sul, onde a família presidencial participará de um safári, encerrando assim a primeira viagem de importância de Michelle ao exterior sem seu marido, desde que Barack Obama ocupa a presidência.

Durante a viagem serão tratados assuntos como "juventude, educação, saúde e bem-estar". "É importante destacar que a viagem está diretamente ligada à agenda do presidente para a África e à política externa do governo Obama", disse Rhodes, saudando as "democracias sólidas" existentes na África do Sul e em Botswana, que "podem servir de exemplo" às nações vizinhas.

Obama, nascido nos Estados Unidos de pai queniano, foi apenas uma vez à África negra desde o início de seu mandato - a Gana, em julho de 2009. Na ocasião, ele pediu ao continente que assumisse o próprio destino, combatendo práticas antidemocráticas.

*Com EFE e AFP

    Leia tudo sobre: michelle obamabarack obamaáfrica do sulBotsuana

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG