O presidente interino de Honduras, Roberto Micheletti, disse nesta quarta-feira que ainda aguarda as recomendações de sua equipe de segurança para definir sua viagem à Costa Rica, onde na quinta-feira deve participar de um diálogo com o presidente deposto, Manuel Zelaya.

"Vamos aguardar as recomendações do pessoal da segurança", disse Micheletti em entrevista coletiva em Tegucigalpa, ao ser perguntado sobre quando seguirá para a reunião.

Micheletti garantiu que Honduras terá uma "representação" na reunião, promovida pelo presidente da Costa Rica, Oscar Arias, para encontrar uma solução à crise hondurenha.

"Está nomeada a comissão que seguirá para a Costa Rica, podem ficar certos de que Honduras vai participar deste diálogo, tal como foi estabelecido".

Nesta quarta-feira, dirigentes dos partidos que apóiam Micheletti manifestaram sua preocupação sobre uma eventual prisão do presidente interino ao chegar a San José ou o desvio de seu avião para a Nicarágua, país aliado da Venezuela, cujo presidente, Hugo Chávez, prometeu "derrubar os golpistas".

hov/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.