Micheletti diz que secretário da OEA não é bem-vindo em Honduras

Tegucigalpa - O presidente de Honduras, Roberto Micheletti, afirmou nesta quinta-feira que o secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), José Miguel Insulza, não é bem-vindo e disse esperar imparcialidade da delegação da Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) que visitará o país.

EFE |

"Já enviamos uma carta a esse organismo e a ele pessoalmente, dizendo que não queremos que venha", disse Micheletti em coletiva de imprensa ao se referir à presença de Insulza na missão da OEA.

O Governo golpista já havia adiado no domingo a visita que a missão da OEA planejava fazer na terça, em rejeição à presença de Insulza, embora depois tenha dito que o aceitaria como observador.

Insulza "não tem por que vir a este país e impor absolutamente nada, e também não tem por que vir a este país se não é convidado", insistiu Micheletti na sede do Governo.

"Que não se esqueçam que ele mesmo protagonizou a expulsão de Honduras da OEA, portanto para nós não é bem-vindo a este país, a menos que venha como turista", reiterou.

O Governo considera que Insulza foi parcial no relatório que apresentou perante a Assembleia Geral da OEA e que serviu de base para suspender, em 4 de julho, Honduras da organização por não reinstalar no poder o então presidente Manuel Zelaya, derrubado em 28 de junho.

Insulza recebeu hoje em Washington três membros da comissão de Micheletti que participa do diálogo sobre a crise hondurenha, que tem mediação do presidente da Costa Rica, Oscar Arias.

Micheletti disse também esperar que os representantes da CIDH que visitarão Honduras na próxima semana "sejam imparciais" já que seu Governo não pretende "ocultar absolutamente nada".

A CIDH verificará a situação dos direitos humanos em Honduras depois do golpe de Estado contra Zelaya, em uma visita "a convite do Governo", como disse hoje a vice-chanceler hondurenha, Martha Alvarado.

Leia mais sobre: Honduras

    Leia tudo sobre: golpehondurasmanuel zelaya

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG