Micheletti dá por esgotada opção de terceira pessoa assumir Presidência

Tegucigalpa, 1 set (EFE).- O presidente de Honduras, Roberto Micheletti, deu hoje por esgotada a opção de que uma terceira pessoa assuma o Governo, se ele renunciar e o deposto líder, Manuel Zelaya, desistir de voltar ao poder.

EFE |

No entanto, Micheletti esclareceu que esta decisão não significa que esteja abandonando o diálogo sobre a crise hondurenha sob a mediação do presidente da Costa Rica, Óscar Arias.

"Já fizemos todos os esforços sobre o tema e aqui acaba a discussão de terceiros (na Presidência)", disse Micheletti aos jornalistas.

A mediação de Arias não é afetada, porque "o tema da Costa Rica é uma coisa e o terceiro, outra coisa", disse.

"A terceira pessoa tinha sido uma opinião muito particular minha, que estava pretendendo que fossem abertos espaços para o diálogo, a tranquilidade e a paz do país. Não quiseram, bom, até ali termina isso", disse Micheletti.

Zelaya, que em 28 de junho foi expulso pelos militares e substituído por Micheletti por designação do Parlamento, tinha rejeitado a opção de uma terceira pessoa na Presidência.

A Chancelaria hondurenha disse ontem que três propostas que enviou na sexta-feira a Arias excluem um retorno de Zelaya e uma renúncia de Micheletti, e acrescentou que entregar a Presidência a uma terceira pessoa não era uma "proposta formal", mas "exploratória".

Micheletti disse ontem à noite, diante do início da campanha para as eleições de 29 de novembro, que estas são "a solução única, final e definitiva" da crise causada pela deposição de Zelaya.

"Vamos continuar trabalhando por nosso Governo", disse hoje Micheletti, e reiterou que entregará o poder em 27 de janeiro de 2010 ao vencedor das eleições.

Micheletti também ironizou sobre a reunião que Zelaya manterá hoje, em Washington, com o secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), José Miguel Insulza.

"Desejo-lhes muita sorte, que tenham uma boa conversa, que Deus os abençoe", disse. EFE lam/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG