Tamanho do texto

Tegucigalpa, 9 jul (EFE).- O líder em exercício de Honduras, Roberto Micheletti, reiterou hoje, em seu retorno da Costa Rica, que se o presidente deposto Manuel Zelaya voltar ao país, será levado à Justiça.

"Estamos de acordo com o retorno dele (Zelaya), mas diretamente para os tribunais", declarou Micheletti aos repórteres, após retornar hoje de San José, de um diálogo em busca de soluções para a crise política aberta com a retirada de Zelaya do poder. EFE lb/pd