Micheletti admite renúncia sem a volta de Zelaya

O presidente interino de Honduras, Roberto Micheletti, admitiu nesta quarta-feira renunciar ao cargo em favor da paz e da tranquilidade no país, desde que o mandatário deposto, Manuel Zelaya, não retorne ao poder.

AFP |

"Se em algum momento a decisão (de renunciar) favorecer a paz e a tranquilidade no país, sem o retorno, que conste, sem o retorno do ex-presidente Zelaya, estou disposto a fazê-lo", disse Micheletti.

Micheletti foi designado para a presidência pelo Congresso Nacional, após o golpe de Estado que derrubou Zelaya, em 28 de junho passado.

nl/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG