Michael Schumacher pede fim das comparações entre ele e Vettel

O alemão Michael Schumacher, heptacampeão mundial de Fórmula 1, considera que é preciso deixar seu compatriota Sebastian Vettel em paz e deseja que as comparações entre ambos tenham fim, em uma entrevista divulgada neste domingo na Alemanha.

AFP |

Vettel, de 21 anos, chamado de 'Baby Schumi', tornou-se no domingo passado em Monza o primeiro alemão a vencer um Grande Prêmio desde a última vitória de Schumacher em Xangai há dois anos.

"Deixem o pobre menino tranqüilo!", disse Schumacher ao jornal Bild. "Quando comecei na Fórmula 1, odiava que me comparassem constantemente com outros pilotos e não quero que ele passe pela mesma situação.

"Os fãs alemães precisam de uma estrela como Sebastian Vettel, assim podem cruzar os dedos e apoiá-lo. Sebastian merece o sucesso", acrescentou o ex-campeão.

Vettel é o piloto mais jovem a vencer uma corrida de Fórmula 1.

A quatro provas para o final da temporada, o alemão ocupa o nono lugar no Mundial de Pilotos antes do Grande Prêmio de Cingapura no próximo domingo.

ryj/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG