Michael Jackson evitava as surras do pai porque era muito ágil

Durante sua infância, Michael Jackson conseguia fugir das surras de cinto do pai graças a sua agilidade, contou nesta sexta-feira um dos irmãos do cantor, Tito, em entrevista publicada no tabloide sensacionalista britânico Daily Mirror.

AFP |

Tito explica que, quando criança, o rei do pop tinha um jogo de pernas tão rápido que seu pai, Joe Jackson, acaba caindo na gargalhada quando tentava persegui-lo com seu cinto e não conseguia alcançá-lo.

"Na maioria das vezes, Michael era tão rápido que meu pai desistia de bater nele ", afirmou Tito.

"Ele agitava o cinto, e Michael corria para um lado, então meu pai ia atrás dele, e o Michael corria para o outro lado. Meu pai então parava de correr e começava a ir porque não podia alcançá-lo ", contou ainda.

"Michael dançava ao retor dele. Meu pai acabava se cansando e deixava para lá ", acrescentou.

Joe Jackson, um empregado do setor siderúrgico de Gary (Indiana), transformou seus nove filhos em astros da música, primeiro graças ao grupo Jackson 5, que foi seguido pelas fenomenais carreiras solo de Michael e sua irmã Janet.

Quando adulto, Michael Jackson contava que seu pai o surrava e o agredia emocionalmente, o que provavelmente contribuiu para a fragilidade psicológica do ídolo.

Tito disse ao Mirror que não reprova o pai pela maneira com que ele e seus irmãos foram educados.

"As pessoas que não são da nossa geração talvez não entendam. Na época a gente recebia um bom castigo ou palmadas. Era assim ", explicou.

tha-ra/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG