México, 9 jul (EFE).- O cantor Michael Jackson, que morreu no dia 25 de junho em decorrência de uma parada cardíaca, foi um dos candidatos independentes votados nas eleições legislativas e locais realizadas no domingo, no México, informou hoje o jornal Reforma.

Vários intelectuais e organizações civis divulgaram a possibilidade de votar por um candidato independente nas eleições, escrevendo seu nome no quadro em branco das cédulas eleitorais, embora esta possibilidade anule automaticamente o voto.

Fontes do Instituto Federal Eleitoral (IFE) disseram à Agência Efe que não se sabe exatamente o número de votos para Michael ou outros dos candidatos independentes votados, já que 1,8 milhões de votos nulos foram contabilizados nas eleições.

A representante da Organização Vota Independiente, Elisa de Anda, explicou à Efe que esta opção se diferencia da promovida por outras organizações para votar em branco, já que é uma forma de protesto contra os partidos políticos.

Junto à opção promovida por vários intelectuais de votar pela candidata "Esperanza Marchita", alguns eleitores também deram seus votos a outros personagens famosos como Batman e Jimmy Neutron.

O IFE calcula que um total de 1.839.971 de votos tenha sido anulado em todo o país. EFE pvo/pd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.