chega a acordo em disputa com xeque - Mundo - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Michael Jackson chega a acordo em disputa com xeque

Michael Jackson chegou a um acordo preliminar em uma batalha judicial com um xeque árabe que alegava que o cantor não havia cumprido os termos de um contrato musical. Michael Jackson iria aparecer em uma audiência nesta semana na Alta Corte de Londres, tribunal que as partes elegeram para decidir a disputa.

BBC Brasil |

A audiência estava sendo aguardada com grande expectativa pelos fãs de Michael. Segundo o jornal britânico, The Guardian, esta era a audiência mais aguardada do ano, em um tribunal do país.

Um porta-voz disse que o cantor foi aconselhado a adiar a viagem, já que as partes haviam chegado a um acordo em princípio.

O filho do rei do Barein, o xeque Abdulla Bin Hamad Bin Isa Al-Khalifa, estava processando o cantor por cerca de US$ 7 milhões, alegando que Jackson havia violado um contrato musical.

O cantor americano nega a acusação, dizendo que não havia um acordo válido entre os dois.

Segundo o repórter da BBC Matthew Shaw, Michael Jackson estava para pegar um avião para a Grã-Bretanha quando foi aconselhado a adiar a viagem.

'Relação pessoal'
O xeque diz que pagou todas as despesas de Michael Jackson no Barein até 2006, quando o cantor deixou o país.

Jackson diz que os pagamentos eram "presentes".

O cantor foi convidado para ir para o Barein com os filhos logo depois de ser absolvido das acusações de abuso sexual de menores em 2005.

Além de pagar pelas despesas do cantor, o xeque construiu um estúdio de gravação que ele diz acreditar que seria usado para gravar discos usando material que ele havia ajudado a escrever.

Ele alega que, no entanto, Michael Jackson teria abandonado o acordo em maio de 2006, depois de onze meses, e não se encontrou com o xeque desde então.

Agora, o xeque diz que não quer fazer mais negócios com o cantor e está processando Jackson para conseguir seu dinheiro de volta.

No início do processo judical, na semana passada, o advogado de Jackson entrou com um pedido para que o cantor prestasse depoimento por vídeo link de Los Angeles devido a preocupações com sua saúde, mas o pedido foi retirado depois que os médicos disseram que o cantor estava em condições de viajar.

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG