Fernando Mexía Los Angeles (EUA), 13 jul (EFE).- Hollywood prestou homenagem ao veterano ator britânico Michael Caine que imortalizou as marcas de suas mãos e pés na Calçada da Fama, assim como já fizeram Elizabeth Taylor, Ava Gardner, Humphrey Bogart e outras lendas do cinema.

Caine se mostrou muito esperançoso de poder fazer parte deste célebre cantinho de Hollywood, na entrada do teatro chinês Grauman, que recebe a cada ano milhões de curiosos que buscam no chão o rastro das estrelas.

"Estou muito contente de ter esta incrível honra (...) sempre pensei que seria genial, mas achei que nunca o receberia, portanto, sou um homem muito feliz", confessou Caine em declarações à Agência Efe.

Aos 75 anos, Caine mostrou-se na sexta-feira em plena forma, não só pela facilidade com a qual se agachava e levantava para deixar sua marca pessoal no cimento, mas também pela atividade que continua desenvolvendo nas telas de cinema.

Longe de se aposentar, o britânico com mais de quatro décadas de carreira assegurou à Efe que está preparando um novo filme, que se somará à sua longa filmografia de mais de 100 títulos entre os quais se destacam "Hannah e suas irmãs" (1986) e "Regras da Vida" (1999), que renderam a ele dois Oscar.

O evento serviu também para promover o último projeto de Caine, o esperado "Batman - O Cavaleiro das Trevas", filme que protagoniza junto com Christian Bale e o falecido Heath Ledger e que estréia nos Estados Unidos no dia 18 de julho.

O ator foi acompanhado por sua mulher, Shakira Caine, assim como por Christopher Nolan, diretor da última saga do homem morcego, e por Alan Horn, presidente dos estúdios Warner Bros.

Em seu discurso, Nolan admitiu ser um fã de Caine e ter ficado nervoso no dia em que o conheceu, quando lhe apresentou o roteiro do novo Batman, que segundo o cineasta "encaixou perfeitamente com o que Caine queria interpretar".

"Sempre foi um dos meus ídolos e ele é, além disso, um profissional extraordinário, que faz com que seus companheiros de trabalho melhorem quando estão com ele", comentou Nolan.

O ator recebeu também a felicitação da cidade de Los Angeles, através de um documento comemorativo assinado pelo prefeito Antonio Villaraigosa e a simpatia dos turistas que puderam realizar o sonho de ver um famoso em Hollywood.

Caine se transformou na celebridade número 245 a colocar seu nome na Calçada da Fama, com a utilização da argamassa amarela no lugar do habitual tom cinza, algo que foi utilizado pela última vez em 1953 com Marilyn Monroe.

Desde 1927 a entrada do teatro chinês Grauman, o mais carismático de Hollywood, se reune para a posteridade as marcas de nomes ilustres da tela, desde Bette Davis e Humphrey Bogart até os atuais Tom Cruise e Harrison Ford.

Apesar de se tratar de um processo simples, constitui um momento muito especial para muitas celebridades.

A organização do evento contou que, em certa ocasião, tiveram que lembrar a um dos famosos como se escrevia seu nome já que estava tão nervoso que não sabia como assinar.

Will Smith, Daniel Radcliffe (conhecido por Harry Potter), George Clooney, Brad Pitt e Matt Damon, realizaram esta mesma cerimônia no ano passado. EFE fmx/ab/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.