Altos representantes de países da Associação de Nações do Sudeste Asiático (Asean) consideraram nesta sexta-feira que Mianmar deverá libertar todos os seus prisioneiros políticos, em uma recomendação a seus ministros das Relações Exteriores.

Em uma reunião preparatória às vésperas do encontro ministerial da próxima semana em Cingapura, "altos representantes pedirão a libertação de todos os prisioneiros políticos", indicou uma autoridade da Asean.

A recomendação ainda poderá ser emendada pelos ministros da Asean, que se reúnem em Cingapura a partir de domingo.

jvg-it/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.