Mianmar inicia luto nacional de três dias

Mianmar iniciou nesta terça-feira três dias de luto nacional, 18 dias após a passagem do ciclone Nargis, que deixou 133.600 mortos e desaparecidos.

AFP |

  • Caio Blinder, NY: Junta Militar comete crimes contra a humanidade
  • Nahum Sirotsky: os excessos burocráticos e a desgraça de Mianmar 
  • As bandeiras foram hasteadas a meio pau em memória das vítimas de um dos mais graves desastres naturais em Mianmar nos últimos anos.

    O líder da Junta Militar, Than Shwe, visitou regiões do sul do país atingidas pelo Nargis, entrando inclusive nas zonas mais afetadas do delta do Irrawaddy.

    A decisão da Junta Militar acontece depois que a China, afetada na semana passada por um terremoto que deixou pelo menos 71.000 mortos, desaparecidos e soterrados, declarou três dias de luto nacional no domingo.

    Na segunda-feira, Mianmar aceitou que a Associação de Nações do Sudeste Asiático (Asean) coordene a ajuda estrangeira destinada às vítimas do ciclone.

    O governo de Mianmar calcula em 10 bilhões de dólares os prejuízos provocados pelo Nargis.

    Entenda mais:

     Clique na imagem e veja o infográfico sobre a formação de ciclones

    Leia também:

    Leia mais sobre: Mianmar  - ciclone




      Leia tudo sobre: mianmar

      Notícias Relacionadas


        Mais destaques

        Destaques da home iG