Mianmar confirma 15 mil mortes por ciclone; 30 mil desaparecidos

BANGCOC (Reuters) - Pelo menos 15 mil pessoas morreram após a passagem de um ciclone por Mianmar, incluindo 10 mil pessoas em uma mesma cidade, disse o ministro do Exterior do país asiático, Nyan Win, na TV estatal nesta terça-feira. Nyan Win afirmou que o governo ainda estava calculando os danos em vilarejos remotos na área mais afetada do delta do rio Irrawaddy, atingida pelo ciclone no sábado, incluindo a maior cidade do país, Yangon.

Reuters |

Após encontrar-se com o embaixador de Mianmar em Bangcoc, o ministro do Exterior da Tailândia, Noppadon Pattama, disse que outras 30 mil pessoas estão desaparecidas por causa do ciclone.

O embaixador Ye Win recusou-se a falar com jornalistas no Ministério do Exterior tailandês, deixando a tarefa a cargo de Noppadon.

(Reportagem de Nopporn Wong-Anan e Ed Cropley)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG