Mianmar condena dois a morte por difusão de informação confidencial

Dois homens foram condenados a morte em Mianmar pela difusão de informações confidenciais, segundo fontes oficiais.

AFP |

"Dois dirigentes foram condenados a morte e outro a 15 anos de prisão pela difusão de informações. Foram condenados por um tribunal especial da prisão de Insein na quinta-feira", afirmou à AFP uma fonte do governo que pediu anonimato.

Win Naing Kyaw e Thura Kyaw, como foram identificados os condenados, são respectivamente um ex-oficial do Exército e um funcionário do ministério das Relações Exteriores.

De acordo com um site de informações birmanesas administrado do exílio, o Irrawady, os três homens foram presos depois que informações y fotos sobre a viagem do general Shwe Mann (o número três do regime) a Coreia do Norte vazaram para os medios de comunicação no exílio ano passado.

hla-dk-dla/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG