Mianmar autoriza entrada de avião americano com ajuda

Washington, 9 mai (EFE) - A Junta Militar de Mianmar autorizou a entrada no país de um avião americano com um carregamento de ajuda para a população afetada pela passagem do ciclone Nargis, anunciou hoje a Casa Branca. Em entrevista coletiva em Crawford (Texas), onde o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, prepara em seu rancho o casamento de sua filha Jenna, que ocorrerá amanhã, o porta-voz da Casa Branca, Gordon Johndroe, afirmou que o avião militar americano chegará na segunda-feira a Mianmar.

EFE |

"Esperamos que seja o começo de uma longa linha de assistência dos Estados Unidos a Mianmar", afirmou Johndroe, que demonstrou a preocupação de seu país com a situação do povo birmanês.

"Vão precisar de nossa ajuda durante muito tempo", acrescentou o porta-voz, que assegurou que o país continuará "colaborando com o Governo de Mianmar para que permita mais assistência".

Embora, por enquanto, o regime militar só tenha autorizado a entrada de um carregamento, "um avião é muito melhor que nenhum", especificou.

Aviões e equipes de emergência americanas se encontram na Tailândia há dias à espera de que Mianmar autorize sua entrada no país.

A ONU suspendeu hoje seu envio de ajuda aos desabrigados pelo ciclone depois que a Junta Militar confiscou dois carregamentos, mas indicou que pensa em retomá-los amanhã. EFE mv/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG