Mianmar aceita libertar americano pivô de condenação de líder oposicionista

O senador americano Jim Webb afirmou neste sábado que a junta militar que governa Mianmar concordou em libertar o americano John Yettaw, pivô da condenação, no início da semana, da líder oposicionista Aung San Suu Kyi. Aung San Suu Kyi, prêmio Nobel da Paz de 1991, foi condenada na semana passada a mais 18 meses de prisão domiciliar sob a acusação de quebra dos termos de sua prisão anterior após sua casa ser invadida por Yettaw, que permaneceu por alguns dias no local.

BBC Brasil |

O episódio, em maio, aconteceu poucos dias antes da data da possível libertação da líder oposicionista, após cinco anos de prisão domiciliar.

O próprio Yettaw foi preso e condenado a sete anos de trabalho forçado. Após sua prisão, Yettaw disse ter sido enviado por Deus para dar um aviso a Suu Kyi de que ela seria assassinada.

O anúncio de sua libertação, neste sábado, ocorreu pouco após um encontro de Jim Webb com o líder da junta militar de Mianmar, Than Shwe em Yangun, capital do país.

Webb também se reuniu com Suu Kyi e pediu por sua libertação.

Segundo o gabinete do senador, Yettaw será oficialmente deportado no domingo e retornará aos Estados Unidos em um avião militar acompanhado de Webb.

"Estou grato de que o governo de Mianmar está honrando esses pedidos", disse Webb em um comunicado após anunciar a libertação de Yettaw.

"Espero que possamos aproveitar este gesto como forma de começar a construir uma base para boa vontade e estabelecimento de confiança mútua no futuro", afirmou.

Após a condenação de Suu Kyi, na segunda-feira, o Conselho de Segurança da ONU expressou "sérias preocupações", e a União Européia ampliou suas sanções contra o regime militar de Mianmar.

A nova condenação de Suu Kyi a impede de participar das eleições planejadas para o próximo ano no país. A líder oposicionista passou 14 dos últimos 20 anos sob prisão domiciliar.

    Leia tudo sobre: mianmar

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG