México rejeita medidas de Cingapura contra mexicanos por gripe

México, 6 mai (EFE).- O Governo do México anunciou hoje que expressou em termos contundentes às autoridades de Cingapura sua inconformidade com as medidas adotadas pelo país asiático contra cidadãos mexicanos para prevenir a transmissão da gripe suína.

EFE |

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados.

A vice-ministra de Relações Exteriores mexicana, Lourdes Aranda, disse à imprensa que o embaixador de seu país em Cingapura, Juan José Gómez Camacho, reuniu-se na segunda-feira com o primeiro-ministro de Cingapura, Lee Hsien Loong, e na terça-feira com o titular da Saúde, Khaw Boon Wan.

Gómez Camacho lhes manifestou que o México não estava de acordo com as medidas adotadas contra os mexicanos que moram, transitam ou visitarão em datas futuras a nação asiática, "incluindo a imposição do registro de visto", que antes não era necessário.

Além do visto, o Governo de Cingapura impôs quarentena obrigatória para os mexicanos e multas para quem não cumprir a determinação de até 10 mil dólares cingapurianos (US$ 6,7 mil).

As autoridades de Cingapura, segundo Aranda, expressaram seu "reconhecimento e agradecimento" pela forma como o México está enfrentando a epidemia e destacaram que as medidas aplicadas têm caráter "temporário e preventivo".

A funcionária detalhou também que diplomatas mexicanos visitarão em breve dois cidadãos que se encontram em quarentena em Cingapura.

Aranda não quis dar um número de quantos cidadãos de seu país foram alvo das medidas restritivas.

Ressaltou, no entanto, que, após a conversa entre o embaixador e o ministro da Saúde de Cingapura, o cerco sanitário aos mexicanos se suavizou e as pessoas em questão puderam receber visitas de membros da delegação diplomática do México.

As medidas preventivas afetam turistas mexicanos que se encontram em cruzeiros pelo sudeste asiático e aos passageiros com voos que fazem escala em Cingapura. EFE act/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG