México intercepta submarino com quase seis toneladas de cocaína

O submarino interceptado quarta-feira nas costas do Estado mexicano de Oaxaca (sul) continha quase seis toneladas de cocaína colombiana, informou nesta sexta-feira um porta-voz da Marinha.

AFP |

"Foram contados 257 pacotes, com um peso aproximado de 22,5 kg cada um, o que dá um peso total de 5.782,5 kg de cocaína de origem colombiana", assegurou em entrevista à imprensa José María Ortegón, comandante da secretaria da Marinha.

Ortegón confirmou que o submarino de 10 metros de cumprimento, rebocado nesta sexta-feira até o porto de Salina Cruz foi construído na Colômbia e, com certeza, não tinha como destino final o México.

Os quatro colombianos que formavam a tripulação não opuseram resistência quando foram detidos, depois de terem navegado sete dias e meio desde o porto colombiano de Buenaventura e terem passado dias no pacífico mexicano por falta de combustível.

"Dentro do submarino levavam água e alimentos", contou o comandante.

Esta é a primeira vez que a Marinha do México capturou um submarino do narcotráfico. E esta é a maior apreensão de droga no México em 2008.

Em novembro de 2007 foi encontrado um carregamento de mais de 23 toneladas de cocaína, também da Colômbia, em contêineres em porto do oeste mexicano, a maior apreensão de droga na história do país.

O governo federal mexicano adotou há dois anos uma ampla operação contra o crime organizado no qual participam mais de 36.000 militares.

Leia mais sobre: cocaína - México

    Leia tudo sobre: cocaínaméxico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG