México estuda compra na China de vacinas contra gripe A

Pequim, 23 ago (EFE).- O México estuda a compra de vacinas elaboradas na China contra a gripe A, afirmou hoje à Agência Efe o secretário mexicano de Saúde, José Ángel Córdova Villalobos.

EFE |

O funcionário mexicano explicou que seu país está além disso interessado na medicina tradicional chinesa para os casos de pacientes com doenças crônicas.

Córdova viajou esta semana a Pequim para participar de um simpósio internacional organizado para coordenar ações para enfrentar a pandemia de gripe A, na qual também participou a secretária-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Margaret Chan.

O secretário mexicano também se reuniu com o ministro da Saúde chinês, Chen Zhu, para tratar a aquisição de vacinas contra a gripe A.

"Interessa-nos muito estudar a compra da vacina na China para este ano, nos explicaram seu tratamento, mas ainda não se fechou nenhum acordo", acrescentou Córdova, afirmando que o México já dispõe de 20 milhões de vacinas para a gripe e que espera poder chegar a produzi-la de maneira autônoma no país a partir do próximo ano.

Córdova e Chen também discutiram acerca das restrições à carne de porco mexicana no gigante asiático, cujo protocolo de importação ficou suspenso por causa da aparição da gripe A, que em um primeiro momento foi denominada "gripe suína". EFE gmp/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG