Jimena - Mundo - iG" /

México estabelece zona de alerta diante do furacão Jimena

México, 31 ago (EFE).- O furacão Jimena, de categoria quatro na escala Saffir-Simpson, que vai até cinco, ameaça do Pacífico ao noroeste do México, onde foi estabelecida uma zona de alerta na Baixa Califórnia Sul, diante da possibilidade de que chegue a este estado na quarta-feira, informaram hoje fontes meteorológicas.

EFE |

Em seu mais recente boletim, o Serviço Meteorológico Nacional (SMN) mexicano afirma que o furacão, primeiro da temporada pela Bacia do Pacífico, tem um índice de periculosidade "severo", com ventos de 230 km/h e sequências de até 285 km/h.

Às 5h (7h de Brasília), "Jimena" estava 400 quilômetros ao oés-sudoeste de Cihuatlán, no estado mexicano de Jalisco, e a 350 quilômetros ao lés-sudoeste de Isla Socorro, no estado de Colima.

Além do alerta declarado no extremo sul da península de Baixa Califórnia Sul, entre a baía Magdalena e San Evaristo, há uma advertência de fortes chuvas à população dos estados de Guerrero, Michoacán, Colima, Jalisco e Nayari.

O SMN prevê que, caso "Jimena" mantenha a velocidade de deslocamento de 13 km/h em direção noroeste, o potencial impacto sobre a costa mexicana pode acontecer na noite da quarta-feira.

Por isso, o organismo meteorológico mexicano pediu aos habitantes dos estados da zona oeste e noroeste do México que estejam atentos às recomendações dos sistemas estaduais de Defesa Civil, diante da possibilidade de intensas chuvas e possíveis deslizamentos. EFE act/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG