México, 30 dez (EFE).- Os Estados Unidos e o México quebraram em 2008 o recorde de extradições entre os dois países, ao intensificarem a entrega de criminosos às autoridades da nação vizinha, informou hoje o embaixador americano no México, Tony Garza.

"Neste ano, nossos Governos estabeleceram marcas recorde tanto no número de extradições dos EUA ao México, como no volume de extradições do México aos EUA", assinalou Garza.

Em nota, o diplomata detalha que o México extraditou 85 fugitivos aos EUA, "superando o recorde" de 83 do ano passado.

Desses 85 extraditados em 2008, 68 eram mexicanos e os demais americanos e de outros países.

Por outra parte, segundo ele, "os EUA extraditaram 32 fugitivos ao México, superando o recorde de 25" estabelecido em 2006.

"Devido à excelente colaboração entre ambos os Governos, as pessoas de ambos os lados da fronteira se encontram hoje mais seguras com esses perigosos fugitivos fora das ruas", destacou o embaixador. EFE act/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.