México divulga lista de seus 24 maiores traficantes

O governo mexicano divulgou nesta segunda-feira uma lista com os 24 maiores traficantes de drogas do país, oferecendo US$ 2 milhões por informações que levem à captura de cada um deles. Esta é considerada a tática mais ousada já adotada pelo governo do país para derrotar os poderosos cartéis que levam drogas através da fronteira para os Estados Unidos, que são o maior mercado mundial de drogas ilegais.

BBC Brasil |

Entre os criminosos listados, está Joaquin Guzman, chefe do cartel de Sinaloa.

Conhecido como El Chapo, Guzman ganhou fama internacional recentemente ao entrar na lista da revista americana Forbes
dos maiores bilionários do mundo.

O governo americano já oferecia uma recompensa de US$ 5 milhões por informações que levassem à captura de Guzman.

Outros criminosos são conhecidos apenas por apelidos, como Talebã e Comandante 40.

A divulgação da lista ocorre dias antes da visita da secretária de Estado americana, Hillary Clinton, ao México.

Começam a surgir evidências de que a violência está chegando também ao território americano e ambos os países estão sendo pressionados para adotar uma política mais coordenada para lidar com o problema.

O México vive uma intensa guerra contra o narcotráfico. Há dois anos, o presidente Felipe Calderón prometeu enfrentar os poderosos cartéis que, segundo ele, ameaçam a estabilidade do país.

A decisão levou a uma escalada da violência, pois quadrilhas rivais enfraquecidas começaram a lutar não apenas contra forças do governo, mas também entre si.

Em todo o México, mais de 6 mil pessoas foram mortas em assassinatos ligados ao tráfico de drogas em 2008, e há o temor de que o governo esteja perdendo o controle da situação.

Nos primeiros meses de 2009, calcula-se que mais de mil pessoas já tenham morrido no país por causa de violência ligada ao tráfico.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG