México desarticula rede de pedofilia integrada por padre

A procuradoria da Cidade do México prendeu sete pedófilos, entre eles um padre, que distribuíram no ano passado cerca de 100 mil imagens e vídeos de meninos e meninas, de diferentes nacionalidades, informaram nesta quarta-feira as autoridades.

AFP |

"Entre os detidos há um padre de Xalapa, em Veracruz", no leste do México, e um funcionário da área de sistemas da secretaria de Relações Exteriores, destacou a procuradoria em um comunicado.

Após detectar um e-mail suspeito, as autoridades mexicanas vasculharam a residência do funcionário da chancelaria, onde encontraram "arquivos com alto conteúdo de cenas de sexo explícito entre adultos e meninas com menos de dez anos de idade".

Estes arquivos eram distribuídos na rede com a cumplicidade dos demais detidos, nos Estados de Hidalgo, Puebla, Aguascalientes, Veracruz e Yucatán.

Um dos presos já confessou ter cometido os crimes de "estupro e abuso sexual", assinalou a promotoria.

jg/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG