México desaconselha viagem de seus cidadãos à China

O México recomendou a seus cidadãos que não viajem à China, devido às restrições médicas impostas pelo governo chinês contra mexicanos em decorrência da gripe suína, informou neste sábado a chanceler Patricia Espinosa.

AFP |

O governo aconselha "a evitar viagens à China", onde "estão sendo discriminados os cidadãos mexicanos, mesmo que não apresentem sintomas" da gripe suína.

"Nos surpreende a adoção de medidas sem justificativa (contra cidadãos mexicanos), especialmente em países como Argentina, Peru, Equador, Colômbia e Cuba", que suspenderam seus voos para o México, lamentou a chanceler.

"Estamos mantendo contato direto com estes governos para expressar nossa insatisfação" com estas medidas, que "não são baseadas em evidência científica", disse Espinosa.

A chanceler destacou que de todos os casos, o que mais preocupa é o da China, que suspendeu os voos do México para Xangai, após um mexicano chegar a Hong Kong, com escala na cidade, infectado pela gripe suína.

Leia mais sobre: gripe suína

    Leia tudo sobre: gripe suína

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG