Pelo menos oito pessoas, incluindo seis menores de idade, morreram em consequência das fortes chuvas que afetam o centro e leste do México, o que levou as autoridades a declarar estado de emergência na capital, onde a inundação de um canal afetou muitas casas.

Três crianças morreram arrastadas por um rio no estado de Michoacán (leste), onde outro menor de idade e dois adultos também morreram em acidentes provocados pelas chuvas, segundo o governo local.

No Estado de Guanajuato (centro), dois adolescentes de 12 e 14 anos morreram afogados quando tentavam cruzar um rio na comunidade de Tejaban.

Na Cidade do México, a chuva provocou o colapso do sistema de drenagem e um canal transbordou, o que inundou centenas de casas, provocou apagões elétricos e derrubou 150 árvores. Uma linha de metrô também teve o serviço suspenso.


Mexicanos tentam atravessar rua alagada na Cidade do México / Reuters

Leia mais sobre México

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.