México convoca cúpula mundial sobre gripe em julho

México, 9 jun (EFE).- O México convocou uma cúpula mundial de ministros de Saúde em julho para abordar a epidemia de gripe suína, da qual participarão 40 países e os responsáveis da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Organização Pan-americana da Saúde (OPS), anunciou hoje o Ministério da Saúde.

EFE |

A reunião, que será realizada de 1º a 3 de julho no balneário caribenho de Cancún, contará com a presença das diretoras-gerais da OMS, Margaret Chan, e da OPS, Mirta Roses.

Fontes do Ministério da Saúde disseram hoje à Agência Efe que o objetivo do encontro é "trocar experiências" sobre a gestão da gripe suína, que deixou 26,563 mil infectados em 73 países do mundo, dos quais 140 morreram.

O México é um dos países mais afetados, com 106 mortes confirmadas e 5,611 mil infectados vivos até 4 de junho, data do último balanço do Ministério da Saúde mexicano.

O encontro permitirá à OMS analisar a gestão da crise sanitária que começou em 23 de abril no México e gerou várias reações, algumas contrárias aos critérios da agência sanitária.

Os 40 países convidados a este encontro "são os que sofreram este problema" nas últimas semanas, mas poderiam se unir outros que tiverem interesse em conhecer de perto aspectos relacionados à gripe suína.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE act/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG