México comemora suspensão de restrição a viagens por parte dos EUA

Cancún (México), 15 mai (EFE).- O Governo do México comemorou hoje, por meio de seu ministro do Turismo, Rodolfo Elizondo, a decisão dos Estados Unidos de suspender a restrição de viagens para território mexicano, mudando o alerta para um aviso de precaução.

EFE |

Segundo um comunicado do Ministério do Turismo mexicano, a medida "é o primeiro passo para que o Departamento de Estado dos EUA elimine seu alerta de viagem" para o México.

O alerta dos EUA foi lançado no dia 27 de abril, quando o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, em inglês) do país recomendou a todos os americanos para que não realizassem viagens "não essenciais" ao México.

Mesmo com a suspensão do aviso, o CDC recomenda aos viajantes que visitem o México para que tomem "medidas para se proteger de um possível contágio" da gripe.

Após o impacto causado pela doença, o Governo do México deve lançar intensas campanhas de promoção turística em países como Reino Unido, Itália, Bélgica, Suíça, Israel, Argentina, Peru e Equador após a suspensão dos impedimentos de viagens.

O setor turístico, do qual cerca de dois milhões de pessoas vivem no México, é um dos mais afetados pelo surto. No ano passado, o país faturou US$ 13,2 bilhões com a atividade, cifra que em 2009 pode cair para pouco mais de US$ 9 bilhões.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE lc-act/bba Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE lc-act/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG