Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

México apresenta à CIJ argumentos escritos em caso de execuções

Haia, 17 set (EFE).- O México apresentou hoje perante a Corte Internacional de Justiça (CIJ) seus argumentos escritos no caso sobre a revisão das penas de morte de 51 mexicanos em diferentes estados americanos, segundo confirmou à Agência Efe o embaixador mexicano na Holanda, Jorge Lomónaco.

EFE |

No início deste mês, a CIJ decidiu ampliar até hoje para o México e até o próximo dia 8 de outubro para os EUA a fase escrita do caso.

Fontes judiciais disseram à Agência Efe que a CIJ pode passar diretamente da fase escrita à deliberação, sem necessidade de que se realizem de novo audiências orais, porque se trata de uma interpretação de uma sentença anterior.

Em 5 de junho passado, o México solicitou à CIJ que interpretasse a sentença na qual o principal órgão judicial da ONU ordenou em 2004 aos EUA que revisasse as penas de morte de 51 mexicanos.

O México argumenta que os EUA ignoraram a sentença já que desde que foi emitida, somente foram revisadas as penas de três dos mais de 50 mexicanos que estão no corredor da morte. EFE mr/rr

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG