México, 14 mar (EFE).- A Procuradoria Geral da República do México (PGR) determinou a extradição aos Estados Unidos quatro suspeitos de tráfico de pessoas -que enviavam brasileiros ilegalmente ao território americano-, dois de homicídios e um acusado de pedofilia.

Os quatro suspeitos de traficar pessoas, identificados como Raúl Villarreal, Fidel Villarreal, Armando García e Claudia González, entre 2005 e 2006 "transportaram de maneira ilegal cidadãos brasileiros e mexicanos para os Estados Unidos, a fim de obter lucro ilícito", informou a PGR.

Os suspeitos, presos no México desde outubro, deverão responder nos EUA pelos delitos de "associação criminosa, tráfico de pessoas, suborno e ameaças a uma testemunha" à Corte Federal de Distrito do Sul da Califórnia.

A Procuradoria também extraditou Martín Rodríguez, preso no México desde outubro de 2007 e acusado de ter relações sexuais com duas menores de 15 anos, que será julgado na Corte Superior do Condado de Yavapai, Arizona.

Acusados de homicídio, Rodolfo Gallegos e Jesse P. Camacho Jr., responderão em tribunais de Los Angeles e Massachusetts, respectivamente. EFE jd/jp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.