México, 3 nov (EFE) - A maioria dos mexicanos considera que uma vitória do democrata Barack Obama nas eleições de amanhã nos Estados Unidos favorece mais ao México que um triunfo do republicano John McCain, segundo duas pesquisas publicadas hoje na imprensa do país. No jornal Milenio, a empresa de pesquisas María de las Heras destacou que 52% dos mexicanos acreditam que o futuro do país será melhor com uma vitória do aspirante democrata, a qual 66% dos entrevistados consideram certa. Já 18% dizem não saber quem vencerá, enquanto 16% dos consultados acreditam em uma vitória de McCain, que aparece atrás também nas pesquisas americanas. A enquete aponta que 73% dos consultados acreditam que a vantagem do senador por Illinois se deve a que os eleitores hispânicos se inclinaram pelo democrata, e só 32% acham que a liderança de Obama nas pesquisas se deve ao fato de ser negro. Para 61%, a eventual vitória de Obama se deve a que obteve mais fundos para sua campanha do que McCain, e 60% à crise econômica na qual os Estados Unidos se encontram imersos. Em outra das perguntas, 56% dos mexicanos alegam que a vitória democrata se deve ao mau trabalho do presidente George W. Bush, um percentual superior aos 39% que vêem o hipotético triunfo de Obama por méritos próprios.

Para o estudo, que tem um nível de confiança de 95% e uma margem de erro de 4,5%, foram entrevistadas 500 pessoas em 1º de novembro.

Na outra pesquisa, publicada no jornal "Excelsior" e elaborada pela empresa BGC, 63% acreditam que Obama vencerá as eleições, contra 10% que prevêem um triunfo de McCain.

Do total, 63% sentem que o México será favorecido com uma vitória do candidato democrata em relação ao atual Governo de Bush, frente a 27% que dizem o mesmo a uma possível chegada ao poder do aspirante republicano.

A pesquisa foi realizada por telefone em 30 de outubro com 400 pessoas. EFE act/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.