Metrô da Cidade do México deve retomar atividades amanhã

México, 5 mai (EFE).- Os trabalhos de desinfecção do metrô da Cidade do México foram reforçados hoje para que seus 5,5 milhões de usuários diários possam voltar às suas rotinas gradativamente a partir de amanhã.

EFE |

O coordenador de segurança industrial e higiene do metrô da capital mexicana, José Pérez, disse à Agência Efe que o uso deste serviço caiu cerca de 40% durante o estado de emergência provocado pela gripe suína. Mais de 2,5 milhões de pessoas chegaram a deixar de usar este meio de transporte.

As autoridades esperam que o número volte ao normal nos próximos dias, principalmente a partir de amanhã, quando serão retomadas as atividades na administração pública e privada. Na quinta-feira, as aulas voltam nas instituições de educação superior.

O presidente mexicano, Felipe Calderón, anunciou o retorno às aulas de 33 milhões de alunos e professores entre os dias 7 e 11 de forma gradativa e sob estritas regras de saúde para impedir um aumento das ocorrências de gripe suína.

A baixa quantidade de usuários permitiu ao metrô reforçar seu programa de controle de saúde e conter a doença, explicou o coordenador de segurança do serviço.

O programa prevê a distribuição de cinco milhões de máscaras aos usuários do meio de transporte, além de 500 mil doses de dois mililitros de gel antimicrobiano desinfetante e de 10 mil de álcool, com 10 mililitros cada.

Haverá também postos de saúde em cada entrada do metrô com pessoal de Defesa Civil e de vigilância, além de estudantes de medicina.

Também foram dispostas nos acessos às estações 350 lixeiras dedicadas exclusivamente à coleta de máscaras e lenços.

O metrô conta também com câmaras térmicas que, de maneira aleatória em estações, servirão para medir as temperaturas dos usuários para detectar pessoas que possam precisa de atendimento médico.

A limpeza dos trens será realizada a cada 80 minutos aproximadamente, ou seja, a cada volta completa que deem em uma das 11 linhas do metrô da Cidade do México. EFE lga/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG