NOVA YORK (Reuters) - Uma frente tropical deslocava-se lentamente na sexta-feira pelas Pequenas Antilhas em direção a oeste, ameaçando transformar-se numa nova depressão ou tempestade tropical durante os próximos dias, segundo o último boletim do Centro Nacional de Furacões dos EUA. Os meteorologistas disseram que o sistema produz muita nebulosidade e chuvas esparsas sobre as Pequenas Antilhas (a parte leste do Caribe) e arredores.

Os ventos de altitude não são favoráveis para a formação de uma grande tempestade, mas o CNF disse que durante o fim de semana as condições devem mudar.

O instituto Weather 2000 Inc. disse em um boletim na sexta-feira que nos próximos três a cinco dias devem crescer as possibilidades de uma nova tempestade tropical.

A atual temporada de furacões no Atlântico Norte, que vai até o fim de novembro, está particularmente ativa -- já foram dez tempestades dignas de nome, das quais cinco viraram furacões. Em média, ao longo dos seis meses de temporada há dez tempestades e seis furacões.

O Weather 2000 lembrou que o alucinante ritmo das tempestades no último mês indica que 'os oceanos e a atmosfera vão levar algum tempo para se recuperar de tamanho gasto de energia, mas também que a temporada tropical ainda tem um longo caminho pela frente'.

Os mercados financeiros acompanham com atenção a formação de tempestades no Atlântico por causa do possível impacto sobre a produção de gás e petróleo no golfo do México e de plantações no sul dos EUA, especialmente na Flórida.

(Reportagem de Eileen Moustakis)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.