Meteoritos contribuíram para origem da vida na Terra, diz estudo

Londres, 7 dez (EFE).- Os impactos de meteoritos nos oceanos da Terra podem ter sido os causadoras da formação de complexas moléculas orgânicas que mais tarde originaram a vida, segundo um artigo publicado hoje pela revista científica britânica Nature Geoscience.

EFE |

Uma equipe pesquisadora da Universidade de Tohoku, no Japão, explica que os impactos desses corpos sobre os mares primitivos, muito freqüentes na época, podem ter gerado alguma das complexas moléculas orgânicas necessárias para a vida.

Embora muitos dos elementos necessários como pontos de partida para a existência de vida estarem presentes na Terra, se desconhece como se organizaram nos chamados blocos de construção da vida.

Com o estudo, os cientistas japoneses, liderados por Yoshihiro Furukawa, tentaram lançar um pouco de luz sobre a incógnita da origem da vida no planeta.

Para isso, utilizaram um simulador do impacto de um meteorito de ferro e carbono em uma mistura de água e amoníaco que imitava a química dos oceanos primitivos.

Depois do impacto a alta velocidade, a equipe encontrou no fluido uma mistura de moléculas orgânicas, incluindo um aminoácido simples.

A partir desse ponto, os cientistas concluem que os impactos de meteoritos nas massas de água da Terra primitiva podem ter contribuído para a criação de moléculas orgânicas complexas que formaram as bases da vida. EFE vmg/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG