Um em cada dois americanos é a favor da existência de um seguro público de saúde em paralelo aos atuais sistemas de saúde privados, segundo uma pesquisa divulgada nesta terça-feira.

Do total de 2.276 adultos consultados pelo instituto Harris Interactive entre 9 e 13 de julho, 52% são a favor de um seguro de saúde financiado por verbas públicas, contra 30% desfavoráveis.

O presidente Barack Obama e os legisladores democratas querem dar aos americanos a possibilidade de optar por uma cobertura de saúde pública, mas enfrentam a oposição dos republicanos.

Quase sete em cada 10 americanos consideram que um sistema de seguro de saúde do Estado seria uma alternativa válida ao seguro privado. Mais de seis em cada 10 acreditam que isto exerceria pressão sobre os preços dos seguros médicos. Além disso, 55% consideram que os pacientes seriam melhor atendidos.

Entre os que são contra, mais da metade (55%) afirmou que um sistema de seguro de saúde do Estado reduziria a liberdade de escolha do médico ou os tratamentos por parte dos pacientes.

Uma comissão da Câmara dos Representantes aprovou sexta-feira por 31 votos a 28 um compromisso sobre a reforma da saúde, abrindo a porta para uma votação em setembro no plenário da mesma.

kdz/lm/yw

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.