Messenger revela face oculta de Mercúrio

A sonda americana Messenger revelou, após um segundo vôo em 6 de outubro, 30% da face oculta de Mercúrio, o menor planeta do sistema solar, e jamais observada antes, informaram nesta quarta-feira os cientistas responsáveis pela missão. Messenger (Mercury Surface, Space ENvironment, GEochemistry, and Ranging) passou a 201 km sobre o equador de Mercúrio, a uma velocidade de 23.818 km/h.

AFP |

"Combinado aos dados obtidos após um primeiro vôo sobre Mercúrio da Messenger em 14 de janeiro, e pela Mariner 10 (1974 e 1975), esta segunda passagem permitiu ampliar a 95% a superfície total observada do planeta", revelou Sean Solomon, diretor do departamento de Magnetismo Terrestre do Instituto Carnegie, em Washington, o principal cientista da missão.

"A superfície de Mercúrio que pudemos observar pela primeira vez neste segundo vôo da Messenger é maior que a América do Sul.

Os instrumentos científicos a bordo da Messenger funcionaram normalmente durante todo o vôo, e os aparelhos de fotos captaram mais de 1.200 imagens da superfície de Mercúrio, enquanto um altímetro a laser realizou um levantamento topográfico.

Os cientistas puderam fazer uma correlação entre as imagens de alta definição e medidas topográficas muito precisas.

"Estas medidas topográficas melhoraram consideravelmente nossa capacidade de interpretar a geologia da superfície", destacou Maria Zuber, diretora do departamento de estudos da Terra, da Atmosfera e de Ciências Planetárias do Massachusetts Institute of Technology.

"A primeira passagem da Messenger e os vôos da Mariner 10 tinham fornecido apenas dados sobre o hemisfério oriental de Mercúrio", explicou Brian Anderson, astrofísico da Universidade Johns Hopkins (Maryland).

js/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG