ESTRASBURGO (Reuters) - Uma mesquita no leste da França amanheceu nesta quarta-feira com pichações racistas e pedaços de um porco em sua fachada. A mesquita na cidade de Toul recebeu inscrições dizendo França para os franceses, Aqui é nazismo e Não encoste no meu porco, além de suásticas nazistas.

"São atos inaceitáveis de vandalismo e incitação ao ódio racial", disse o promotor Raymond Morey à Reuters, acrescentando que as patas e a cabeça de um porco estavam penduradas nas portas e janelas da mesquita.

Dois jovens de cerca de 20 anos foram presos horas após o ato de vandalismo, afirmou a televisão francesa, sem dar detalhes.

Muçulmanos locais disseram estar chocados com o ataque, que aconteceu pouco antes do começo do mês sagrado do Ramadã.

"Foi um ato covarde", disse Nurdin Hamza, chefe de uma associação magrebina local. "Se acontecer em uma mesquita, em uma igreja, uma sinagoga, em um templo budista, ou em qualquer outro lugar público, sempre vamos condenar esse tipo de ato".

(Reportagem de Sonia de Araujo)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.