Mesmo sem ser oficializado entre democratas, Barack Obama já busca vice

Washington, 22 mai (EFE).- O senador Barack Obama ainda não foi confirmado como candidato do Partido Democrata na próxima eleição presidencial americana, mas já iniciou a busca por um vice-presidente.

EFE |

Segundo a rede de televisão "CNN", a missão de começar a analisar nomes ficará a cargo de Jim Johnson, ex-presidente da gigante do setor hipotecário Fannie Mae. Ele tem experiência no assunto, pois fez o mesmo nas campanhas à Presidência de Walter Mondale em 1984 e John Kerry em 2004.

O "The Wall Street Journal" também divulgou a notícia, que não foi confirmada pelo comitê de campanha do senador por Illinois.

Citando membros do Partido Democrata, a publicação diz que entre os potenciais candidatos estão os governadores do Novo México, Bill Richardson; de Ohio, Ted Strickland, e a do Kansas, Kathleen Sebelius. Outro nome da relação é Chris Dodd, senador pelo estado de Connecticut.

Também aparecem na lista o governador da Virgínia, Tim Kaine, e o ex-senador da Geórgia Sam Nunn.

A notícia também descarta uma possível chapa com Hillary Clinton, rival de Obama na corrida para ser o representante democrata na eleição presidencial.

Pelo lado republicano, a "CNN" informou que o candidato do partido à Presidência, John McCain, dará uma festa este fim de semana em sua casa, no estado do Arizona - o que fortalece a hipótese de que ele também já se movimenta para achar um vice.

Entre os convidados - e possíveis indicados - estão os governadores da Flórida, Charlie Crist; da Louisiana, Bobby Jindal, e o ex-governador de Massachusetts e ex-candidato à Presidência Mitt Romney. EFE tb/dp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG