Mesas eleitorais do referendo autonomista de Santa Cruz começam a fechar

Santa Cruz (Bolívia), 4 mai (EFE).- As mesas de votação do referendo do estatuto autonomista do departamento boliviano de Santa Cruz começaram a se fechar hoje, após as oito horas estabelecidas pelo Código Eleitoral da província.

EFE |

Segundo explicaram à Agência Efe fontes da Corte Departamental Eleitoral, as mesas foram abertas às 08h no horário local (9h de Brasília), mas foi dada uma margem de duas horas a mais por causa dos problemas na abertura, de modo que o momento do fechamento pode oscilar.

Além disso, se ao fim do período previsto para a votação ainda houver pessoas nas filas, as mesas devem permanecer abertas até que o último eleitor deposite seu voto.

Já chegou à Corte Departamental a primeira ata de apuração procedente de uma das mesas da capital de Santa Cruz.

Por volta das 19h30 hora local (20h30 de Brasília) o presidente da Corte Eleitoral de Santa Cruz, Mario Parada, oferecerá aos meios de comunicação um relatório sobre o desenvolvimento do dia, no qual ainda não devem ser divulgados resultados.

Aproximadamente 936 mil habitantes de Santa Cruz foram convocados às urnas, localizadas em 675 zonas eleitorais, para decidir se querem ter um estatuto autônomo, que, segundo as pesquisas divulgadas nos últimos dias, obterá um apoio próximo a 70%.

O referendo autonomista da região boliviana de Santa Cruz foi realizado em meio a focos de violência em zonas da província controladas pelo oficialismo, onde mais de 20 pessoas ficaram feridas.

O referendo do estatuto representa um momento crítico no conflito político vivido pela Bolívia, onde o movimento autonomista liderado por Santa Cruz enfrenta o projeto constitucionalista de Evo Morales.

EFE sam/bm/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG