Merkel se diz otimista sobre novas sanções ao Irã

Washington, 13 abr (EFE).- A chanceler alemã, Angela Merkel, se mostrou hoje otimista sobre a possibilidade de uma nova série de sanções ao Irã, após a reunião da noite de segunda-feira entre a chefe da diplomacia americana, Hillary Clinton, e representantes das grandes potências.

EFE |

Merkel afirmou, dentro da Cúpula sobre Segurança Nuclear de Washington, que Hillary teve no fim da noite de ontem um encontro com representantes dos outros quatro membros permanentes do Conselho de Segurança das Nações Unidas (China, França, Rússia e Reino Unido) e da Alemanha.

Washington acusa o Irã de pretender desenvolver armas nucleares, apesar de Teerã afirmar que seu objetivo é avançar em energia nuclear para fins pacíficos.

"Estou contente com o progresso até o momento", comentou a chefe de Governo alemã sobre a campanha que está em andamento para conseguir que o Conselho de Segurança aprove retaliações ao Irã.

"Existem sinais promissores de que Rússia e China, que antes se mostravam mais reservados, continuarão com as conversas", afirmou.

"A China forma agora parte do processo, embora não podemos dizer claramente qual será o resultado", insistiu.

Merkel ressaltou hoje que "o tempo pressiona" e que é necessário avançar. O Conselho de Segurança da ONU aprovou já três rodadas de sanções ao Irã.

A Cúpula sobre Segurança Nuclear, que arrancou ontem em Washington com um jantar de Estado, e termina hoje com uma entrevista coletiva do presidente americano, Barack Obama, procura estabelecer novos controles para impedir o trânsito ilícito de material radioativo. EFE tb/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG