Merkel pede maior participação em reconstrução da Polícia palestina

Berlim, 24 jun (EFE).- A chanceler alemã, Angela Merkel, encorajou hoje os Estados que participam em Berlim da conferência para a reconstrução da Polícia civil e o sistema judiciário palestinos a somar-se a este projeto, que qualificou de pequena peça do grande mosaico que é o processo de paz no Oriente Médio.

EFE |

Merkel ressaltou a importância do projeto para que a população possa confiar no sistema político na Cisjordânia.

A chanceler também desejou ao presidente da Autoridade Nacional Palestina, Mahmoud Abbas, sucesso em sua tentativa de reconciliar as duas facções palestinas que se enfrentam.

No entanto, lembrou que para que o Hamas seja reconhecido como um interlocutor válido deverá deixar claro que respeita a integridade de Israel e o princípio do "mapa de caminho" do Quarteto de Paz para o Oriente Médio (Estados Unidos, ONU, UE, Rússia), de que a violência não pode ser utilizada como instrumento político.

Merkel qualificou a conferência de Berlim como uma "pequena peça no mosaico" em direção a uma solução que permita uma convivência pacífica de palestinos e israelenses em dois Estados.

A conferência de Berlim reúne mais de 40 Estados e tem como objetivo fechar um pacote de ajuda à reconstrução da Polícia civil e da Justiça da Cisjordânia.

A reunião conta com a presença de 23 ministros de Exteriores, entre eles a americana, Condoleezza Rice, e a israelense, Tzipi Livni, além do Alto Representante de Política Externa e de Segurança da União Européia (UE), Javier Solana. EFE ih/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG