Merkel e Steinmeier se enfrentam no único debate antes de pleito alemão

Berlim, 13 set (EFE).- A chanceler alemã Angela Merkel e seu oponente nas próximas eleições gerais, o vice-chanceler e ministro de Assuntos Exteriores, Frank-Walter Steinmeier, participam hoje do único debate televisivo prévio à votação de 27 de setembro.

EFE |

Os candidatos terão 90 minutos para convencer os eleitores indecisos a escolherem entre a União Democrata-Cristã (CDU) e o Partido Social-Domocrata (SPD), ambos no Governo, junto com a União Social-Cristã (CSU).

Em entrevista ao jornal "Münchner Merkur", Steinmeier (SPD) disse que, durante o confronto na TV, tentará mostrar que, apesar de quatro anos de coalizão, social-democratas e democratas-cristãos têm programas de Governo bem diferentes.

"Nem a chanceler nem eu podemos nos distanciar dos últimos quatro anos. Mas podemos insistir nas diferenças que há entre os programas e as pessoas, e essas diferenças são enormes", declarou o ministro.

Merkel, com 35% das intenções de voto, lidera com folga as pesquisas, que concedem ao partido de Steinmeier o apoio de 23% dos eleitores.

O debate entre ambos os candidatos começará às 20h30 (15h30 de Brasília), quando tem início o horário de maior audiência da TV alemã.

Os temas a serem discutidos serão introduzidos por perguntas a cada um dos candidatos. Estas serão feitas, alternadamente, por quatro jornalistas convidados: dois das emissoras públicas "ARD" e "ZDF", e dois dos canais privados "RTL" e "SAT 1".

Frank Plabserg, da "ARD", disse hoje que espera que o debate sirva para "insuflar um pouco de oxigênio" na campanha, até agora marcada pela falta de controvérsia entre os principais candidatos.

Cada participante do debate terá 90 segundos para responder à pergunta inicial. Depois, os jornalistas terão a chance de incidir no tema em questão.

Os moderadores serão os encarregados de evitar que, ao fim do debate, não haja entre Merkel e Steinmeier uma diferença de tempo utilizado superior a um minuto.

No fim, ambos terão a oportunidade de fazer uma exposição de 90 segundos. Como caberá a Steinmeier abrir o debate, Merkel terá a última palavra. EFE ih/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG