Forbes - Mundo - iG" /

Merkel é a mulher mais influente do mundo, diz Forbes

Washington, 19 ago (EFE).- A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, é a mulher mais influente do mundo, como apontou hoje a revista Forbes, em uma lista que também inclui as presidentas de Argentina e Chile.

EFE |

Para Merkel, que tenta a reeleição em setembro, é o quarto ano consecutivo em que ocupa o primeiro lugar da lista.

O segundo lugar ficou com Sheila Bair, presidente da Corporação Federal de Seguros de Depósito (FDIC, em inglês), um dos principais organismos no campo financeiro dos Estados Unidos.

Indra Nooyi, diretora-executiva de PepsiCo, é a quinta colocada, seguida por Cynthia Carrollo, diretora-executiva da Anglo American, do Reino Unido.

A presidente da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, ocupa o 11º posto, enquanto a chefe de Estado chilena, Michelle Bachelet, o 22º.

A lista, em que a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, ocupa apenas o 36º, aponta Sonia Gandhi, presidente do Partido Nacional do Congresso da Índia, como a 13ª mais influente do mundo.

Outras famosas influentes no mundo, segundo a "Forbes", são Melinda Gates, da Fundação Bill & Melinda Gates (34); Nancy Pelosi, presidente da Câmara de Representantes dos EUA (35); Michelle Obama, mulher do presidente americano, Barack Obama (40), e a rainha Elizabeth II (42).

Segundo a revista explica em seu site, a lista não é de celebridades ou uma medidora de popularidade, mas sim de influência, e como exemplo cita o caso da rainha Rania, da Jordânia, que ocupa o 75º posto.

A "Forbes" diz que o ranking é uma combinação de dois fatores: visibilidade (por citações na imprensa) ou tamanho da organização ou do país que lidere. EFE ojl/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG