Berlim, 29 mar (EFE).- A chanceler alemã, Angela Merkel, condenou hoje os terríveis atentados no metrô de Moscou, responsáveis pela morte de 37 pessoas, e afirmou que a ação constitui um revés nos esforços do Governo russo de estabelecer a segurança no território nacional.

"É um acontecimento terrível", disse Merkel à imprensa alemã direto da Turquia, para onde seguiu hoje em viagem oficial.

A chanceler manifestou sua "consternação" pelo fato de "os atentados terem ocorrido em plena Moscou".

Merkel, segundo o Governo, também transmitiu seus pêsames ao presidente russo, Dmitri Medvedev.

Por sua vez, o ministro de Assuntos Exteriores, Guido Westerwelle, condenou os "covardes" e "repugnantes" atentados e transmitiu condolências aos familiares das vítimas. EFE ih/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.