Mergulhador americano é esquecido em alto-mar na Austrália

O homem conseguiu ser resgatado após nadar até outra embarcação que estava nas próxima ao local

EFE |

Um americano foi resgatado no mar depois que uma empresa turística o abandonou por distração na Grande Barreira de Coral, um paraíso para os mergulhadores no nordeste da Austrália, informou nesta quarta-feira a imprensa local.

Ian Cole contratou a excursão no sábado junto à operadora turística Passions of Paradise, mas seu barco partiu sem ele de Michaelmas Cay, em frente à costa da localidade de Cairns.

Cerca de 20 minutos depois da partida do barco, "levantei minha cabeça e vi que a embarcação tinha ido sem mim", disse o jovem de 28 anos ao diário "The Cairn Post".

"A adrenalina subiu e entrei em pânico por um momento", acrescentou Cole, que explicou que apesar de estar muito cansado, se acalmou ao ver que havia um barco próximo, ao qual chegou nadando.

O turista disse que a pessoa que estava a cargo da excursão era um mochileiro sem experiência, pelo que exigiu que sejam redobradas as medidas de segurança neste tipo de serviço turístico.

As autoridades australianas investigam o incidente, que lembra o desaparecimento, em 1998, do casal americano Tom e Eileen Lonergan, que morreram afogados ou devorados por tubarões após serem abandonados no mar por outra companhia de turismo.

    Leia tudo sobre: AUSTRÁLIA TURISMO

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG