Mercosul terá programa de intercâmbio financiado pela UE

Buenos Aires, 13 jun (EFE).- Os países do Mercosul lançarão um programa de intercâmbio entre universidades que contará com o financiamento da União Européia (UE), segundo um convênio assinado hoje em Buenos Aires por representantes de ambos os blocos.

EFE |

A UE destinará três milhões de euros ao Programa de Mobilidade do Mercosul, que, em sua etapa inicial, beneficiará a 200 estudantes de Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai.

Como contrapartida, cada país do Mercosul deverá destinar um milhão de euros ao projeto, que será coordenado pelo Uruguai e contará com mil de participantes, entre estudantes, professores e capacitadores.

O convênio para o financiamento do Programa de Mobilidade foi assinado durante uma reunião dos ministros de Educação do Mercosul, a qual terminou hoje após dois dias de deliberações na capital argentina.

"O principal objetivo deste projeto conjunto é contribuir para a consolidação social da integração regional, na qual a educação tem um papel muito importante", disse William Hanna, chefe da delegação da Comissão Européia (CE, órgão executivo da UE) no Uruguai e no Paraguai. EFE hd/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG