exemplar - Mundo - iG" /

Mercosul qualifica referendo na Bolívia de exemplar

BRASÍLIA - Os membros da comissão do Mercosul que assistiram ao referendo realizado no domingo passado na Bolívia, no qual foi ratificado o mandato do presidente do país, Evo Morales, consideraram hoje a consulta como um exemplo de transparência.

EFE |

"Testemunhamos eleições exemplares, que demonstram a extraordinária vocação dos bolivianos para submeter importantes decisões políticas ao pronunciamento da vontade popular", diz um breve comunicado divulgado hoje em Brasília.

A nota é assinada pelo argentino Carlos Álvarez, presidente da Comissão de Representantes do Mercosul, e pelo deputado Doutor Rosinha (PT-PR), que atualmente preside o Parlamento do bloco.

A comissão de observadores do Mercosul, do qual a Bolívia é Estado associado, foi liderada por Álvarez e Doutor Rosinha, que viajaram ao país andino com outros 40 representantes do Parlamento do bloco regional.

No referendo de domingo passado, a população boliviana se pronunciou sobre a revogação ou a continuidade nos cargos do próprio Morales, de seu vice-presidente, Álvaro García Linera, e de oito dos nove governadores regionais.

Segundo os resultados parciais anunciados até esta terça-feira, Morales e García Linera foram ratificados em seus cargos, mas foram revogados os mandatos dos governadores opositores de La Paz, José Luis Paredes, e Cochabamba, Manfred Reyes Villa, assim como o do governista de Oruro, Alberto Aguilar.

Leia mais sobre Bolívia

    Leia tudo sobre: bolívia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG