Mercedes Sosa recebe extrema unção

O estado de saúde da cantora argentina Mercedes Sosa se agravou nesta sexta-feira e ela recebeu a extrema unção de um sacerdote em Buenos Aires. Segundo o sacerdote Luis Farinello, o estado é grave, esperemos um milagre, disse ele ao canal de televisão Telesur.

BBC Brasil |

Sosa, de 74 anos, está internada desde 18 de setembro na Unidade de Tratamento Intensivo do hospital La Trinidad. Ela sofre de falência dos rins e do fígado.

Em entrevista a uma rádio argentina, o irmão da cantora, Cacho Sosa, afirmou que ela sofre "de um problema hepático que afeta os rins e os pulmões, uma disfunção renal progressiva".

A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, falou nesta sexta-feira com o filho de Mercedes Sosa, Fabián Matus, se colocando a disposição para qualquer ajuda que seja necessária. Matus disse que é preciso "orar" pela mãe.

Ícone
La Negra, como é chamada na Argentina, é conhecida mundialmente como uma das principais vozes folclóricas e populares da Argentina e da América Latina.

Ela sofreu censura e perseguição na década de 70 e seus discos, carregados de crítica social, se converteram em um referencial durante o último governo militar argentino (1976-83). Sosa ainda demonstrou oposição durante os governos militares de diversos países da América do Sul nas décadas de 70 e 80.

Atualmente, Mercedes Sosa está indicada a três prêmios Grammy Latino - álbum do ano, melhor capa e melhor álbum de folclore pelo disco Cantora 1, uma compilação de seus principais sucessos gravadas em duetos com artistas como Caetano Veloso e Shakira.

* Colaborou Marcia Carmo, de Buenos Aires

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG