Mercados reagem com alta a pacotes de estímulo

Os mercados asiáticos fecharam em alta acentuada e as bolsas européias estão seguindo a mesma tendência em resposta aos planos anunciados nos Estados Unidos e outros países para estimular a economia. O índice Kospi, da Coréia do Sul, fechou em alta de 7,5%, o melhor resultado em quase quatro semanas, e o índice Nikkei, do Japão, fechou em alta de 5,2%.

BBC Brasil |

Os índices europeus também abriram em alta nesta segunda-feira. De manhã, a Bolsa de Londres operava em alta de 5,5% e o Cac 40, da França, operava em alta de 6,8%.

No sábado, o presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, disse que seu plano de recuperação iria criar pelo menos 2,5 milhões de novos empregos e oferecer grandes investimentos em infra-estrutura.

A Coréia do Sul e a Índia também revelaram medidas para ajudar empresas e suas respectivas economias.

"Apesar dos números ruins de empregos nos Estados Unidos (anunciados na sexta-feira), os mercados estão ganhando no sentido de que já chegaram ao fundo do poço e por conta das expectativas geradas pelas medidas de estímulo econômico anunciadas por vários governos", disse Hiroake Osakabe, da Chibagin Asset Management.

"Também há rumores sobre novas ações do governo chinês para proteger seu crescimento", disse Kim Seung-han da HI Investment & Securities.

As ações da empresa de maquinaria japonesa Komatsu tiveram alta de 11% com a expectativa de que o setor vai se beneficiar dos pacotes de estímulo.

As ações de empresas exportadoras também subiram, com investidores comprando estoques depois de quedas nos preços na semana passada.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG