chanceler das Farc foi recebida há vários dias, afirma agência - Mundo - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Mensagem de chanceler das Farc foi recebida há vários dias, afirma agência

A mensagem em que o chamado chanceler das Farc, Rodrigo Granda, em que anuncia que não haverá novas liberações de reféns nem gestos humanitários sem uma troca com o governo colombiano, foi recebida há vários dias, disse nesta sexta-feira a Agência Bolivariana de Imprensa (ABP).

AFP |

A ABP, que publicou a mensagem no dia 3 de abril, assinalou, após ser perguntada pela AFP pela internet, que a "mensagem foi recebida e publicada há vários dias", sem explicar a aparente contradição.

Nesta sexta-feira, 4 de abril, o texto continua sendo exibida na página da web da ABP, sempre com a data de 3 de abril.

A agência está baseada no Peru e não tem relações com a Agência Bolivariana de Notícias (ABN), órgão da imprensa estatal venezuelana.

Em Paris, um funcionário do ministério francês de Relações Exteriores assegurou nesta sexta-feira que "não via relação" entre as declarações de Granda e a missão médica francesa para atender Ingrid Betancourt.

Segundo esse funcionário, o texto de Granda foi publicado "em portais próximos das Farc no dia 19 de março passado".

Outra agência de notícias, Anncol, próxima das Farc, também publicou na quinta-feira um texto que classifica de ingênuo o presidente francês Nicolas Sarkozy e classificou sua iniciativa de "perigosa aventura", e assinalou que a guerrilha deve desconfiar das propostas da França.

bur-hov/fb

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG